23 de junho de 2010

ESTAMOS FAZENDO SOMBRA...

Foto: EcoVelo!

Amigos...

Tenho percebido alguns sinais inequívocos de que de alguma forma a bicicleta está começando a incomodar a indústria dos motorizados leves. Vamos a eles:
  • Primeiro, percebo um aumento elevado na quantidade de blogs, sites e outros pontos de contato virtual ao redor do mundo, dedicados a magrela.
  • Depois, noto uma elevação da quantidade de pessoas que estão sempre ligadas ao que ocorre no mundo, tipo marketeiros, publicitários, nerds, geeks, etc, que passam a pedalar muito, ou em passeios organizados ou para todos os lugares e todas as horas.
  • Também observo a grande quantidade de bicicletas e e-bikes desenvolvidas como "solução de transporte complementar" por fabricantes de carros, que de uma hora para outra perceberam que "precisam" oferecer isto para o seu mercado. Não parece estranho isto?
  • E finalmente, começo a farejar que alguns destes antenados, defendendo quem os alimenta - a indústria dos motorizados leves - começam a criar campanhas publicitárias e peças de marketing, se opondo a bicicleta, às vezes de forma sutil, às vezes de forma bem óbvia, para não "prenderem o rabo" no futuro.
Sinais dos tempos? Posso estar enganado, mas me parecem sinais de que de uma forma ou de outra a magrela está fazendo sombra sobre os desejos e vontades dos fabricantes de carros e motos, que para garantir sua posição estratégica na mobilidade mundial futura, está tentando formar a opinião das pessoas na direção da opinião deles, enquanto investe em formar uma mentalidade de intermodalidade que garanta seu espaço no futuro, que eles julgam líquido e certo.

Certamente, não seria o caso de pensarmos que estes fabricantes, movidos a lucros fantásticos com um faturamento de milhões, quisessem entregar tudo isto de bandeja para outros fabricantes de veículos leves, que não faturam tanto, mas que são mesmo a solução para os excessos cometidos contra a natureza e no uso do espaço público cada vez mais reduzido. E com tantos recursos, as agências de publicidade, onde estão muitos usuários das bikes - os antenados - viram reféns do lucro imediato, produzindo peças nas quais "vendem" a idéia do carro em cima do bem ou mal da bicicleta, sem se sujarem muito, porque elas mesmo perceberam que o futuro está fazendo sombra dentro de casa. E não tem como qualquer um escapar dela!

COMENTEM!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OPS... Este espaço é seu, respondo a todos os pitacos que vocês enviarem, mas não modero, portanto, seja objetivo e mantenha o nível!!


Original ROGÉRIO LEITE @ 2010