31 de dezembro de 2011

MAIS UMA...OU DUAS!

CADÊ MINHA CICLOVIA???
Amigos...

Duas novas "idéias" mirabolantes para resolver o trânsito do Recife. 

1) Opositores dos 4 viadutos da Agamenon vieram com um projeto ainda mais mirabolante: um viaduto de 2,2km de extensão sobre o canal da Agamenon. Ao invés de cruzar em 4 pontos, um "voo" sobre a Agamenon toda! E também esqueceram da ciclovia! Observe que a solução da Agamenon não inclui ciclovia, e é uma solução simples para TIRAR OS ÔNIBUS DA AVENIDA, criando um BRT "cala-boca" dos que querem mais mobilidade, mas nos finalmente é apenas para deixar mais espaço para os CARROS! Eu posso com isso?! Ao invés de 8 faixas (4 em cada sentido!) vamos ter 12! E isso vai melhorar a mobilidade por QUANTO TEMPO?!?!?

2) A nova ponte sobre o rio Capibaribe, parte da terceira perimetral, projetada a séculos. E sem ciclovia!   Abaixo a noticia da ponte. A opção dos "atingidos" pelos 4 viadutos está no blog do Jamildo, aqui!  Bom de ler são os COMENTÁRIOS no blog!

NOTÍCIA DO JC DE HOJE, SÁBADO 31/JANEIRO/2011.
Nova ponte sobre o Capibaribe
MOBILIDADE A obra faz parte da Terceira Perimetral e vai interligar os bairros da Iputinga e de Monteiro, melhorando trânsito na região 
Há seis anos, a Prefeitura do Recife anuncia a construção de uma ponte para encurtar as distâncias entre os bairros do Monteiro (Zona Norte) e da Iputinga (Zona Oeste), pelo programa Capibaribe Melhor. Esta semana, o prefeito João da Costa (PT) prometeu para fevereiro de 2012 o início da obra.“Fevereiro é uma previsão, a licitação para escolha da empresa que vai executar o serviço está pronta e em análise pelo modelo internacional de financiamento do Banco Mundial”, explica o coordenador do Capibaribe Melhor, Guilherme Tavares. São rituais que devem ser cumpridos, acrescenta. A ponte terá 280 metros de extensão e 20 metros de largura, com quatro faixas para circulação de veículos e área de pedestre. Duas faixas funcionarão no sentido Monteiro-Iputinga e duas no trajeto inverso. Segundo Guilherme Tavares, o tempo de execução previsto no contrato é de 18 meses.....(resto foi omitido pq falava dos parques e não da ponte!).


Dinheiro para todo lado, e sem ciclovias. Quando é que os nossos gestores vão gastar o nosso dinheiro focando na mobilidade da cidade? Quando teremos BRTs integrando toda a cidade? Quando teremos uma bilhetagem integrada que permita o uso do sistema por 1h facilitando o uso como fazem os idosos (podem pegar um ônibus e integrar com outros, sem pagar nada!)? Quando teremos ciclovias, ciclofaixas, sem falar de bicicletários seguros e protegidos nas estações do metrô e nos terminais de integração, para podermos expandir nossa mobilidade? Quando veremos a PCR escolher a mobilidade da maioria em detrimento da minoria viciada em carro?!

Existem soluções mais fáceis e mais baratas para expandir a mobilidade na cidade, mas isso DEPENDE de um prefeito com CORAGEM e VONTADE, capaz de tomar decisões sem pensar na reeleição, sem pensar em sua popularidade.  Precisa pensar como GESTOR PROFISSIONAL da CIDADE. Qualquer manual de administração explica o básico de mobilidade dentro de uma empresa. Mas os diplomas dos nossos gestores nunca foram conferidos mesmo!  Obras para melhorar o tráfego de carros têm uma vida curtissima e só servem aos intere$$e$ de quem constrói!  Quando nossos prefeitos vão pensar nas pessoas que os elegem ao invés de pensar em quem paga suas campanhas?

COMENTEM!!!

ps. DESCULPEM OS GRITOS no texto (maiúsculas e letras gigantes!), mas é para ver se alguém ouve esse apelo desesperado por uma cidade melhor!!!

28 de dezembro de 2011

OBRAS... PARA QUE TE QUERO!?

Amigos...

Que Recife precisa fazer um bocado de obras para melhorar a mobilidade na cidade ninguém contesta.  A cidade parou no tempo em que tinha 20% dos carros de hoje, uns 40% das linhas de ônibus, e pouca gente se aventurava a usar motocicletas e bicicletas para se mexer.  Ademais, cadeirantes eram poucos e cruelmente esquecidos.  Idosos? Esses eram beneficiados nas calçadas porque a cidade ainda vigiava e cobrava dos proprietários mante-las, mas eram esquecidos nos ônibus.  Resumindo, era ruim para alguns, bom para outros. Mas a cidade andava!

E o que aconteceu foi o "boom" da riqueza. De repente não somos mais "terceiro mundo", "gigante adormecido", "economia do futuro".  De repente, carros e motos pululam para tudo quanto é lado. Prédios sobem com uma rapidez de LEGO, torres e mais torres em ruas que mal cabem as casas que  já tinham.  Esgoto, água e mobilidade, indo literalmente na contramão, "por água abaixo"!

Mas a se pensar se as soluções que os gestores atuais propõem para o Recife são realmente válidas. Já tem muita gente falando que a cidade não comporta um carro por cidadão, que precisa oferecer um sistema público de transporte DECENTE para minimizar o problema.  Mas ainda tem muitos gestores que acreditam em desafogar o trânsito para os carros. Em entrevista segunda bem cedo no Jornal da Manhã da Globo local, o Secretário das Cidades defendeu os 4 viadutos da Agamenon para em um primeiro momento, "desafogar o trânsito na avenida", e deixa-la preparada para a implantação FUTURA de um BRT (sistema de ônibus rápido!).  Não deveria ser o contrário? Não deveríamos implantar o BRT para fazer as pessoas deixarem seus carros em casa e assim, DESAFOGAREM O TRÂNSITO na avenida?! Será que apenas eu vejo que os gestores continuam CAGANDO E ANDANDO para quem precisa usar ônibus?!  E em momento algum, foi dito que os viadutos vão ter ciclovias, nem que essas ciclovias vão ser integradas! 

Afinal, algum dia esses gestores vão querer realmente melhorar o tráfego da cidade, ou estão de olho no que rola "por baixo" de tanto viaduto, ponte e perimetral, e tantas outras "obras"?!  Até quando vamos tolerar esses desmandos com o nosso dinheiro e participar mais desse processo decisório, não orientado pela mídia que também fatura com o carro??  Quando nosso poder público vai por a mobilidade dos cidadãos (da grande MAIORIA que não tem carro, AINDA!), em pauta e com prioridade sobre os carrocratas tresloucados?! Queremos um sistema para todos, que atenda a quem precisar se locomover pela cidade, com conforto, pontualidade e qualidade no atendimento, e não mais um lote de obra para dar lucro a quem decide!

COMENTEM!!!

26 de dezembro de 2011

GASTANDO DIREITO...

Vista da ciclovia suspensa em Copenhagen (via Copenhagenize.com)

Amigos...

Quem acompanham o blog sabe que defendo o uso da bicicleta de forma integrada. Muitos com quem falo, dizem que a bicicleta precisa de ciclovias, de espaços próprios, mas ao mesmo tempo, reconhecem a quase impossibilidade de se retirar espaço dos carros para por uma ciclovia ou ciclofaixa.  ESPEREM!  Não é retirar o espaço que é o problema, mas a reação dos motoristas e viciados em carro que é!  Políticos são essencialmente covardes em enfrentar a massa, mesmo que seja em prol da mesma massa e especialmente, se a massa enfrentada for a que tem dinheiro para pagar suas campanhas! Peitar o status quo carrocrático não é para qualquer um. Primeiro porque a tal "imprensa livre", que deveria apoiar toda e qualquer iniciativa que fosse voltada a grande maioria das pessoas, não é livre coisa nenhuma.  Basta contar os anúncios de carro em qualquer tv ou jornal de grande circulação para se entender que nossa imprensa está para lá de comprometida com as 4 rodas, e só tem coragem para pequenas notas, nunca para uma campanha real de defesa do espaço público para todos!  Mas de volta ao problema das ciclovias e ciclofaixas. Os políticos não são corajosos para peitar uma modificação geral do tráfego destinando-o aos usuários das bicicletas. 
Então o que nos resta? Nos resta sonhar com uma obra como essa: uma ciclovia elevada. Inegável que a idéia é ótima, típica de uma cidade como Copenhagen, onde pedalar vem antes do carro em todos os sentidos.  Se vamos pensar em bicicleta, taí uma forma rápida de implantar, SEM PREJUÍZO das vias onde passam os carros, uma rede de ciclovias rápidas.  Rápida, prática e muuuuiiittttooo mais barata e muuuuiiiito menos prejudicial do que construir Vias Mangue ou tumultuar toda a vida da cidade construindo mais pontes, viadutos e perimetrais! Isso sim é gastar direito os recursos públicos!

Por cima, pedalando. Por baixo, andando!



Simples, pode ser feita toda em estrutura premoldada, apenas "plantada" no local e conectada! Simples e prática. Dá para encher a cidade toda com uma solução simples e provavelmente gastando muito menos do que os 430 Milhões gastos com apenas 4,5 km de Via Mangue!
Pena que a gente não consegue importar um prefeito que se importe mais com a mobilidade do que com o próprio rabo!

COMENTEM!!!

24 de dezembro de 2011

É SEGUNDA! O COMEÇO DO APOCALIPSE!

Ih, em Recife, nessa segunda, começa a contagem regressiva!
Imagem daqui!
Amigos...

Anunciado hoje no Jornal do Commércio que segunda feira, dia 26, começam as obras do corredor leste-oeste, do Derby a Camaragibe!  Começam pela substituição da estação de ônibus número 13 da Caxangá, em frente ao Caxangá Golf Clube, por uma estação-tubo. E pela primeira vez, ALGUÉM que não eu, falou de algo IMPORTANTÍSSIMO: o corredor leste-oeste vai ter apenas 1 linha expressa, INTEGRADA com linhas alimentadoras servindo os bairros no entorno do corredor.  Será o fim de CASA AMARELA CDU, CDU RIO DOCE, CDU BOA VIAGEM, CDU TRT, CDU VÁRZEA, e tantas outras linhas que servem os bairros no entorno do corredor, ou que usam a Caxangá como via de acesso.

Resumindo: Se você morar em Casa Amarela, Tamarineira, Aflitos, Cordeiro, Engenho do Meio, Monsenhor Fabrício, ou mesmo, Olinda, etc... Vai pegar um ônibus de seu bairro, descer numa estação-tubo, integrar com o corredor até o centro ou no sentido da UFPE e Camaragibe. Na volta idem!  Se você for ESTUDANTE, e morar m Casa Amarela, Olinda, ou Afogados, e estudar na UFPE, vai precisar pegar APENAS 3 ÔNIBUS!  Da sua casa ao corredor, um trecho do corredor até outra estação-tubo e dali outro até a UFPE. E na volta idem ao contrário.  Vai ser mais rápido do que hoje, porque o corredor não vai ter tráfego, nem sinal: passará por elevados nos cruzamentos, pelo menos é o que dizem! Mas no quesito integração, estamos todos desgraçadamente lascados!

Então, para que essa perfeição chegue e funcione legal, você vai ralar cabra! Vai sofrer o pão que o "coisa-ruim" amassou! Deve ser isso que o Nostradamus viu nas profecias sobre o fim do mundo, que os Maias chamam de apocalipse! Do ponto de vista dos usuários de ônibus em Recife, o inferno começa na segunda que vem!

As bicicletas são ou não são uma opção muito melhor?!

COMENTEM!!!

22 de dezembro de 2011

VAMOS APARECER GALERA!

Amigos...

Um dos pepinos de pedalar em Recife (e de dirigir com ciclistas nas pistas)à noite, é VER O CICLISTA! Nessa versão de "Physical" de Olivia Newton John, mostra como é importante e como fazer para aparecer enquanto pedala à noite! E bem que os pedaleiros da cidade estão precisando...o que tem de gente pedalando a noite, em bicicleta preta com roupas pretas, e sem uma única luzinha! Triste! Depois é atropelado e culpa o motorista! Auto-proteção e pedal defensivo é a nossa parte da segurança ao pedalar! Olha o que eu uso para me proteger!


PÓS-ESCRITO: Faixas reflexivas podem ser facilmente adquiridas (CASA LÉO, Rua Direita, 224, lojas B/C - na verdade, com entrada pela Trav.São Pedro) e são baratas (cada metro custa R$ 2,50, mas eles só vendem de 5 metros em diante).  Pregar na camiseta, só costurando. Recomendo usar ponto zig-zag (fica parecendo um serrilhado) que é mais resistente, porque a camisa estica mas as faixas não.  Você pode costurar na vertical, em T ou usando o triângulo invertido, símbolo de PREFERENCIAL. Isso porque o CTB nos descreve como tendo prioridade no trânsito.  Quem sabe o povo vai aprendendo de tanto ver o símbolo!  ILUMINE-SE!

E vc já pensou nisso?

COMENTEM!!!

21 de dezembro de 2011

ROMPER COM O MODELO IMPOSTO...

Quanto tempo vai levar para a Via Mangue ficar igual? Façam suas APOSTAS!?!
Foto G1
Amigos...

Crescemos admirando carros, assistindo corridas de F1 nos domingos, ouvindo nossos parentes e amigos "cantando odes" aos carros que compraram.  Crescemos valorizando o uso do carro, a posse dele como objeto de distinção e status. E mesmo ouvindo inúmeros casos de pessoas que não têm onde cair morto, mas que possuem "aquele carrão", não realizamos o mal que ele nos causa. Mesmo quando a cidade se mostra inchada, desesperada por alguma mobilidade real em uma escala de tempo razoável, não atentamos que o problema não é o carro em si, mas o uso que fazemos dele.

Recife caminha para ter um carro por habitante. Pelo menos é essa a vontade de nossos governantes, que não fazem seu papel de buscar o melhor para toda a sociedade que representam.  Não se pode pensar que eles estejam fazendo a parte dele quando apostam em Vias Mangue e Perimetrais para "desafogar o trânsito"?! Por quanto tempo isso é solução?  Todo mundo sabe que não vai demorar muito para que isso deixe de funcionar.

Enquanto isso, o nosso sistema de transporte público, desenhado nos anos 70, vai se arrastando. E as pessoas não usam e não confiam, só porque falta segurança, conforto, pontualidade.  Quem pega ônibus é pobre. Quem pedala é pobre. Quem anda é pobre.  E tudo isso porque não rompemos com o modelo em que fomos treinados: o modelo do carro,  "imperatus mobile". A vida da cidade é desenhada para esse modelo e nossos pobres gestores não conseguem ir além! Seja porque são tapados, seja porque têm muitos intere$$e$ envolvidos.

Só resta apelar para você! Apelar para cada um!  Deixe seu carro em casa um dia por semana que seja. Se puder, deixe mais dias. Use a bicicleta, se obrigue a usar o ônibus quando puder.  Se cada um puder fazer um pouquinho pela mobilidade na cidade, quem sabe um dia essas antas que nos governam acordam e melhoram o transporte público. Rompa com o modelo que te impuseram e pense com a sua cabeça. Saia do modelo que a TV vende todo dia em dezenas de anúncios, das dúzias de anúncios impressos nos jornais, das centenas de lojas e facilidades para ter um carro. Uma cidade melhor depende de todos! Principalmente aqueles que pensam! PENSE!

COMENTEM!!!

20 de dezembro de 2011

URBANA, MOUNTAIN-BIKE OU SPEED...

Modelo SURLY de bicicleta URBANA. Essa NÃO é uma bike antiga. É uma bicicleta nova, saída de fábrica, e montada para ser uma bicicleta confortável e de uso urbano (Via EcoVelo.info). Para mim, bastava por uns pneus "off-road" e uma iluminação decente!

Amigos...

Esse post está endereçado a quem volta e meia me pergunta qual bike comprar.  Minha resposta invariávelmente é que compre aquela que se ajuste ao que você pretende fazer com ela, aliás, como em qualquer objeto.  Se você vai sair em pequenos passeios semanais, comprar uma bike de 3 ou 4 mil reais é um abuso, um esbanjar de recursos desnecessários. Se você vai todo dia para o trabalho com ela, não é! Mas vamos pensar não em termos de dinheiro. Vamos pensar no uso que você vai dar a bike.

BICICLETA URBANA... elas são a "classe C" das bicicletas. Não porque não sejam boas, mas porque as empresas nem lembram que elas deviam existir!  Encontrar uma realmente urbana NACIONAL é raríssimo.  Uma urbana tem um quadro confortável, bota você em uma posição quase vertical ao pedalar, tem paralamas e bagageiro, e se der, cestinha na frente. Os pneus são médios, lisos e oferecem conforto no pedalar. Têm cobre corrente para proteger suas calças, e selim confortável. Não tem muitas marchas, mas dispõe de bons freios.  Qual seria a bicicleta que hoje circula por ai que você acha que se encaixa mais nesse modelo? Que eu saiba a mais próxima são as inúmeras versões da barra forte e as antigas Peri e Ceçi.  Todas têm desenho antigo, possuem pesados e resistêntes quadros de aço, e sistemas de frenagem sem cabos. Câmbio nem pensar, a relação é fixa.  Mas não são FIXED GEAR.   Dão pouca manutenção e são o "xodó" dos porteiros e pedreiros do Brasil!  Estilo, conforto e comodidade não fazem parte do cardápio delas. Tudo meio tosco, rústico, pesado.

SPEEDS... elas são a "classe E" das bicicletas.  São as mais ligadas ao ciclismo de competição, donde o E, de esportivas!  O ciclista anda praticamente deitado, todo "aerodinâmico".  Os pneus são fininhos, quase filetes, mas com diâmetro maior que as urbanas e mountain-bike, e o peso é o menor possível.  Não são confortáveis mas muitos insistem em usa-las no dia a dia, por serem rápidas.  Possuem mais marchas do que nada e freios simples porém eficientes.  Só sofrem muito quando o piso não é regular. Elas foram feitas para asfaltos perfeitos, coisa que no Brasil só rola em um ou dois VELÓDROMOS!  Para uso diário, só se você estiver treinando para o Tour de France!

MOUNTAIN-BIKES... elas são o cavalo de batalha das bikes. Em Portugal são chamadas BTT, bicicletas de todo terreno. Só elas são capazes de suportar trilhas, buraqueira, lama, pisos irregulares, etc. Podemos imagina-las como uma bicicleta urbana depenada e montada para ir a guerra! Considerando nossas ruas, a Compesa abrindo buraco em qualquer asfalto novo, e o descaso com a regularidade do piso, elas são as mais indicadas para o Recife. 

Realmente quem pedala precisa ter em mente que cada bicicleta deve refletir a cara do dono. Eu acredito em um modelo intermediário, reunindo as caracteristicas de uma urbana, mas trocando os pneus por algo mais "off-road", e colocando um câmbio com mais relações.  Mas sem deixar de ter bagageiro e cestinha (ou suporte frontal para outro bagageiro!).  Afinal, bicicleta boa é aquela que satisfaz as suas necessidades, e as minhas incluem carregar mochila e roupas todo dia para trocar na universidade. Pense. Cobre. Comente no site da Caloi.  Quem sabe um dia, eles pensam nos usuários urbanos e lançam A BICICLETA. Por enquanto, vou na Viúva Negra mesmo!

COMENTEM!!!

17 de dezembro de 2011

NÃO SUJA NADA!

Amigos...

Ótimo o vídeo, via COPENHAGENIZE, mostrando que sem violência a mensagem é simples, elegante e acima de tudo, eficiente! E lembrando aí aos viciados em carro que água potável é recurso escasso demais para tirar o pó do "seu queridinho". Enquadramos esses na mesma classe dos que lavam calçada com mangueira, um abuso contra a humanidade. Rezo para que eles se lembrem que os filhos e os netos deles vão passar sede e fome, porque alguns idiotas não vivem sem um carro brilhante e faiscante! Pobreza espiritual!

BICICLETA NÃO SUJA TANTO! ELA NÃO SUJA É NADA!

COMENTEM!!!

13 de dezembro de 2011

A COISA É SERIA!

Amigos...

Volta e meia falo sobre a necessidade de começarmos a deixar o carro em casa e adotar outras formas de mobilidade.  A União Ciclística Européia lançou um estudo com números muito interessantes.  Veja os dois cartazes abaixo.

O primeiro, mostra quanto CO2 é gerado pelo "combustível" do ciclista comparado com os usados em ônibus e carros particulares.





E o segundo, quanto você pode andar com o LIMITE de emissão que vai ser imposto na Comunidade Européia, por pessoa. 
É sério! Observe que com o limite imposto, que usa o carro só vai poder usar por 2.170 Km POR ANO!  O que significa 180 Km/MÊS ou 6 Km/DIA!  Resumo: para deslocar-se em 2050, os europeus VÃO TER DE ADERIR A BICICLETA pelo menos parte do mês. Claro que isso é um estudo, e provavelmente, eles irão aderir muito mais cedo.

Enquanto isso, na terrinha, os gestores constroem viadutos, pontes e mais perimetrais, tudo voltado para o uso do carro. Que falta nos faz um governo decente!

COMENTEM!!!

Via: TREEHUGGER

12 de dezembro de 2011

SEJA MAIS UM BIKENINJA!

Amigos...

Em tempos de violência, onde dizem que a SDS não anda "resolvendo" direito os ladrões que assolam nossa maravilhosa cidade, é preciso estar preparado para tudo!  Toda vez que digo aos amigos que pedalo, sempre aparece um para perguntar como é que eu me viro no caso de um assalto! Porque é perigoso, tem tanto ladrão, etc e tals!  Bem, revelo agora o meu segredo! 

VÍDEO TÁTICAS DE COMBATE COM BICICLETA!  A venda aqui!
Treinei na secreta arte do bikeninjutsu!  Armado apenas com minha bike mortal, nenhum larápio, amigo do alheio, meliante descarado vai se atrever a se aproximar!!  Domino inclusive as técnicas mais mortais, o "Chicotada de Metal" e a "Patada de Guidon" capazes de levar essas pestes pros quintos dos infernos!

Tudo na prática, em vídeo, apenas $ 1,99 !!!  É sério!!!!

Seja mais um bikeninja!

COMENTEM!!!

10 de dezembro de 2011

OS ESQUECIDOS...DE NOVO!


Alguém está vendo alguma ciclovia nesse sistema viário?


Amigos...

Tem alguma coisa com os dirigentes da cidade do Recife e do Estado que eu realmente não entendo.  O prefeito atual só pensa em grandes avenidas, pontes e viadutos. No resto não faz nada!  O atual governador é um ex-ciclista, acostumado a pedalar nos grupos pela cidade, e se diz um defensor da bicicleta como meio de transporte. Mas anuncia que vão fazer 4 viadutos na Av.Agamenon Magalhães para aumentar a fluidez dos carros! E sem ciclovias!  Os planos anunciados não fazem menção alguma as ciclovias no novo sistema, que é voltado TEORICAMENTE para permitir a implantação de um corredor exclusivo de ÔNIBUS, mas que os desenhos não trazem nenhum espaço próprio para isso.  É só obra de engenharia, "voando" por cima da avenida sem uma qualificação real para melhoria da mobilidade SUSTENTÁVEL.  Será que nossos políticos não enxergam a irresponsabilidade de tais atos, e não entende que mais avenida, viaduto e ponte só aumenta a quantidade de carros nas ruas, sem nunca melhorar realmente a mobilidade por mais que um curto espaço de tempo? Serão poucos meses de sossego e fluxo, e logo começaremos a encontrar a cidade parada, EM CIMA DOS VIADUTOS "BALANÇO"! Espero que, pelo menos, os engenheiros projetem para ter um balanço que aguente uma tropa de caminhões lotados em cima!
E sabe o que é pior? Existe uma lei que obriga todos os grandes empreendimentos de mobilidade a ter uma  estrutura cicloviária, e não parece estar sendo nem lembrada, nem considerada.  Quero a minha parte desse latifundio!  Quero minhas ciclovias!

COMENTEM!!!

7 de dezembro de 2011

QUANDO PEDALAMOS...

Amigos...

Quando pedalamos nos sentimos mais próximos de Deus.  Ele nos garante uma vida cheia de movimentos, muitos em nosso sentido, muitos contra nós, mas só Ele nos garante seguir em frente. Só Ele nos mantém aqui, até o momento que desejar. 

Quando pedalamos nos sentimos mais vivos.  Sim, como pedalar é como a vida, se parar cai, só pedalando nos sentimos realmente vivos. Mesmo quando achamos que não podemos mais pedalar, nossa vida pede.

Quando pedalamos percebemos mais o amor. É um amor bandido: só o amor dos motoristas pelo carro dele nos mantém vivos. Mas é amor.  De alguma forma enquanto ele preserva o carro dele, protege quem pedala.

Quando pedalamos somos nós mesmos, estamos além das aparências. Para os outros, somos apenas uma pessoa que pedala. Para cada um que segue seu caminho pedalando sem barreiras, é uma oportunidade de estar consigo mesmo, sem o stress dos engarrafamentos.

Quando pedalamos somos felizes.

O resto é mixaria!

COMENTEM!!!

SEM MAIS CAMISETAS...

Amigos...

Para quem entrar no P&O procurando camisetas, avisamos que deixamos de produzi-las. Estou completamente sem tempo de correr atrás fazendo as produções. Peço que entendam... tudo em nome da ciência!

...

5 de dezembro de 2011

COM CAPACETE OU SEM...?

Daqui
Amigos...

O site COPENHAGENIZE.COM é uma referência no uso da bicicleta como meio de transporte urbano e defende com unhas e dentes o NÃO USO do capacete como essencial a mobilidade por bikes.  Na Dinamarca não é obrigatório, mas claro que o povo do É MAIS SEGURO, VC PODE CAIR, BATE A CABEÇA, ou OS CARROS JOGAM POR CIMA... não gosta.  Alguns tem tentado passar leis que obriguem o uso do capacete, mas claro, os civilizadissimos cidadãos da Dinamarca não aprovam e não caem na asneira de aceitar esse medo.  Morro de inveja!
Adoraria pedalar como na infância, com minha "vasta cabeleira" exposta ao vento! KKKK
Acredito mesmo que o capacete é um acessório moderno voltado a te dar uma ilusão de proteção que sossegue a sua paranóia de segurança a todo custo. Basta ver quantos seguros a gente paga hoje em dia, para ter uma ilusão de que estamos protegidos, que já se percebe a paranóia da segurança a todo custo em ação.
Bem, minha inveja principal é a qualidade dos asfalto dinamarquês e da educação do povo.  Eu uso capacete e estimulo todos a usarem, mas não porque o tráfego é pesado, ou me sinto ameaçado pelos carros. Eu uso o capacete por conta dos BURACOS, DESNÍVEIS, REMENDOS, BOCAS DE LOBO ABERTAS, e CANALETAS DE DRENAGEM QUE PARECEM ABISMOS! Eu uso porque vivo numa cidade construída em cima do mangue e feita "de farinha": bate água, fofa tudo!  Torço para que os dinamarqueses continuem com o nível de educação e qualidade do asfalto que nunca precisem usar o capacete para se proteger e seguir sendo exemplo de mobilidade sustentável e segura. Mas, enquanto o Recife não assume sua ascendência holandesa de vez, vou continuar usando o meu e defendendo o uso, sonhando com o dia em que minha vasta cabeleira de 4 fios possa flutuar ao vento!
COMENTEM!!!


3 de dezembro de 2011

A LEI É PARA TODOS...


Amigos...

No Brasil, temos um certo descaso com a lei. Ela não é ensinada nas escolas, é ignorada por muitos, e sumariamente desrespeitada por vários, a começar por aqueles que deveriam respeita-la acima de tudo, como os políticos e os policiais.  E se tem quem não a segue ou a vigie, sua importância para a vida em comum é desprezada.

Como ciclistas queremos o nosso espaço.  Queremos que os carros nos respeitem, queremos que a lei nos respeite. Mas muitos de nós, por vários motivos, não oferecemos em contrapartida, respeito ao carro, ao ônibus e ao pedestre.  Muitos nem sabem que o ciclista também tem de respeitar a lei do trânsito. Muitos nem sabem que existe uma lei para controlar o trânsito. E muitos que sabem, nunca a leram.  Os órgãos de trânsito que nos dão uma licença para dirigir, nem mesmo se lembram dos ciclistas nas provas de direção defensiva. Somos ignorados e muitos são os ignorantes dos direitos e deveres que temos ao conduzir nossos veículos pelas ruas. Tem quem pedale na calçada, que roda pela contramão, que fura sinal de trânsito, que despreza os ônibus e os pedestres. Tem quem ache que a bicicleta é apenas uma extensão de suas pernas, e como "ciclopedestre" pode tudo que o pedestre pode, o que no Brasil equivale a um lote de coisas erradas.

Se pretendemos conquistar um espaço para nós, ciclistas, precisamos ser antes de tudo, melhores do que eles. Não podemos alegar que estamos estressados para pedalar feito loucos ou quebrar todas as regras em nome da nossa mobilidade, coisa comum entre os motoristas.  Isso só nos deixa igual a eles, ou pior, porque passa aos outros que a bicicleta é um veículo inseguro.  Se queremos o nosso, vamos respeitar a todos os personagens que andam, pedalam ou dirigem nas ruas, e dar o exemplo de algo melhor, de respeito e correção.  As transformações sociais pacíficas costumam ser lentas, e exigem de nós que sejamos pacientes e perseverantes. Então todas as vezes que você sair para pedalar, lembre que mais que simplesmente seguir a lei por seguir, você precisa ser um exemplo de que a cidade pode ser melhor e mais humana. 

COMENTEM!!!

29 de novembro de 2011

E VOCÊ RECLAMANDO ...

ORIGINAL DE ALAIN DELORME
Amigos...

E tem quem reclame de levar uma mochilinha para o trabalho com a roupa para trocar depois de chegar pedalando! 
ACORDA ALICE! DESCE DO PÉ DE ALFACE!

COMENTEM!!!

26 de novembro de 2011

TE PASSARAM A PERNA...OTÁRIO!

Cansado de não conseguir as promessas da montadora,
OTÁRIO resolve arranjar outro lugar para poder se espalhar com seu "carro"!

Daqui: http://mvpdivulga.blogspot.com/2008/12/atalho-de-otrio.html



Amigos...

Pare um minuto e pense... quando você SONHOU em comprar um carro, qual foi a imagem que veio de imediato na sua mente? Você se viu parado nos múltiplos engarrafamentos que rolam em todas as cidades do Brasil? Você se viu rodando pelas imediações procurando um lugar para deixar esse seu "trambolho"? Você se viu preocupado em ser assaltado pelos ladrões ou pelo governo (IPVA, PREÇO DA GASOLINA, SEGURO, ETC...)?

Não.

Você comprou o que as montadoras te venderam, com venda casada (crime) e fraude (crime).  As montadoras te venderam o paraíso da MOBILIDADE! Seu carro desfilando nas ruas, você cheio de charme olhando assim meio de lado para as gatinhas, se imaginando o próprio "garanhão" do pedaço, se achando!  KKK.  Coitado! Tu fosse enganado peste!  As montadoras te venderam um produto (o carro) com outro produto que ela não podia te entregar (ESPAÇO PÚBLICO!). E não podia te entregar nem anunciar porque não era dela.  Venda casada e fraude.  Mas ela simplesmente fez de conta de que não era problema dela.  Tô exagerando? Então vamos pensar!

Você compra uma geladeira, imaginando que ela vai gelar, e ela gela. Mas ela só funciona se você pagar a energia. Você compra um fogão, imaginando que ele vai cozinhar, e ele cozinha. Mas só funciona se você comprar o gás.

Agora você compra um carro, imaginando que ele vai fazer tudo aquilo que a propaganda diz que faz, e ele faz? Não. Para ele ser aquela maravilha tecnológica que carrega um sem número de conceitos sobre tua macheza e independência, você "comprou" a idéia CASADA de que você teria o espaço que foi anunciado JUNTO com o carro.  Ora, nos anúncios, os carros correm rápidos pelas ruas limpas e desempedidas ... Mas a realidade é outra. Aquele "produto embutido" foi vendido junto mas sem os motoqueiros da CTTU na hora da filmagem, ou filmando de madrugada, ou ainda em uma estrada no campo!  Bem outra a realidade e você SEMPRE soube disso. Ou descobriu isso 5 minutos depois de haver gasto uma fortuna para comprar o carro! Aí f...

Acorda otário! Não passe mais atestado de burrice!  Quer uma... compre uma bike.  Tá que tem um Q de insegurança com as ruas "seguras" da SDS. Mas pelo menos você não está sendo MAIS UMA VEZ enganado pela mídia, pelos fabricantes e pelo governo (sim, ele permite porque lucra HORRORES com impostos e taxas em tudo, inclusive no preço da gasolina!!!!).

COMENTEM...

23 de novembro de 2011

BULLYING NAS RUAS...

Amigos...

Quem já passou pelo bullying sabe o ódio que é enfrentar valentões no dia a dia. Sabe que a impotência diante da força alimenta uma raiva surda, uma vontade de "fuzilar o cabra".  Muitos anos atrás, eu era magrinho e estudava em colégio de padres. E era alvo de bullying, mesmo que naquele tempo a gente não rotulasse as "brincadeiras de mau-gosto" dos maiores e mais velhos com esse nome. Cedo descobri que essas peças querem "ser peitados".  Faz parte do universo masculino a necessidade de "fazer pipi ao redor, para marcar o território". Algo meio animal. Mas é o que resolve: peitar sem medir as consequências. Partir para cima na primeira agressão e mostrar que a gente não tem espaço para o cabra se mostrar para as meninas! Vá se espalhar noutro!

Transportando isso para o mundo atual, na mobilidade nossa de cada dia, observamos que a lei que devia valer, o código de trânsito, foi a muito substituído pela lei do mais forte, criando um "bullying da mobilidade"!  Você vai atravessar uma rua, o carro joga por cima, mesmo você numa faixa de pedestres. Recife tem até FAIXA PREMIUM: a do Shopping Plaza é a única que o povo que dirige mais ou menos respeita (98%, acredito, porque tem sempre uns que nem te ligo!). Ora, mas respeitar o pedestre devia ser geral e na faixa, sagrado!  Não importa se o sinal está aberto ou fechado. O pedestre está na faixa, você para.  Pode até dar uma buzinada, para lembrar a ele que o sinal está aberto, mas nunca deve ameaçar a vida dele com o seu carro.  E isso é o que acontece. E todo ciclista também tem histórias similares.

Esses comportamentos agressivos parecem ser tônica no mundo do automóvel. De uns tempos para cá, todo carro remodelado fica com uma frente "mais agressiva", cheios de linhas "mais agressivas", transportando o dono para enfrentar "o mundo mais agressivo"!  E como a lei aqui no Recife não existe, com os gestores "cagando e andando" para esse bullying diário, um dia a coisa vai ficar feia.  E se você reclamar, corre o risco de ouvir um "PORQUE VOCÊ NÃO COMPRA UM CARRO?!?" São coisas para você refletir.

Ou daqui a pouco, vamos ver no jornal manchetes do tipo, "PEDESTRE FICA LOUCO E SAI ATIRANDO NOS CARROS NA RUA", "CICLISTAS REVOLTADOS COM ATROPELAMENTO, LINCHAM MOTORISTA", e por ai vai.

Uma hora, os mais fracos se unem, e os mais forte se lascam!

COMENTEM!!!

18 de novembro de 2011

O APOCALIPSE ANUNCIADO...

Amigos...

Já comprou sua bicicleta? Não pedala ainda? Então aprenda! Ontem o Governador Eduardo Campos assinou a ordem de serviço para as obras da "mobilidade" para a Copa de 2014.  Levaram 20 anos sem fazer muito para melhorar a mobilidade no Recife e de repente, assinam tudo! E o que vc tem com isso?  Pense um pouco:

VOCÊ USA A AGAMENON MAGALHÃES, DOM BOSCO, RUI BARBOSA E JOAQUIM NABUCO?
Vão fazer 4 viadutos na Agamenon entre essas outras ruas. E apesar de toda a evolução da construção civil, ainda não trazem eles prontos de helicóptero e botam no lugar para ser usado! Vão precisar criar "canteiros de obra"... 4 para ser exatos, no trecho mais enrrolado da espinha dorsal da mobilidade da cidade.  E aposto que vão colocar uma plaquinha "TRABALHANDO PARA RESOLVER O SEU PROBLEMA DE MOBILIDADE"!!! Dois anos penando para ir e vir por ali, se você acha que vamos conseguir resolver isso tudo em 18 meses?! KKKK

VOCÊ USA A CAXANGÁ ou a REAL DA TORRE ou a BENFICA?
Vão fazer um túnel no final da Real da Torre, mergulhando por baixo da Caxangá, para que os carros NÃO ATRAPALHEM os ônibus passando! Não bastava tirar os carros?! Bem, mas juntando o túnel com o elevado para o NOVO corredor Leste-Oeste passar pela Estrada dos Remédios, e mais o viaduto no Cordeiro, então, prepare-se! Não vai sobrar 1 cm de espaço para vc usar seu carrinho! 

Tudo isso porque OBRA IMPRESSIONA. OBRA PERMITE "UM POR FORA"!  OBRA APARECE. Mas quem viver verá que são apenas paliativos para acobertar a falta de trabalho para melhorar realmente o trafego na cidade, para incluir a bicicleta como veículo, tirar ou reduzir o número de carros nas ruas, abrir espaço para os ônibus que existem poderem trafegar mais rápido, pontuais e com mais conforto.  Para isso criam BRTs, TERMINAIS, etc.. mas não mexem nos carros. Esses são sagrados!

Por isso fique esperto e trate logo de comprar sua BIKE!  Quem sabe aproveitamos esse nó para mostrar ao poder público que somos a solução real para melhorar a mobilidade da cidade. Ou você acha que vamos ter outra forma além dessa de nos deslocar no meio dessa zona toda!?

COMENTEM!!!

12 de novembro de 2011

PEDALA JOÃO PESSOA... RACHOU!

Amigos...

Tenham muito cuidado se precisarem adaptar experiências de outras cidades do sul ou de outros países de clima muito diferente do clima do Nordeste.  Reportei aqui a idéia ótima do sistema de aluguel de bicicletas de João Pessoa, o PEDALA JOÃO PESSOA (AQUI  e AQUI).  Bem... vandalismo apareceu, tornando fato que a raça humana é toda igual: sem controle, desembesta!  Mas além disso, o clima de João Pessoa agiu sobre todas as partes plásticas da bicicleta. Interessante que provavelmente essas bikes foram montadas usando partes resistentes para aguentar o tranco do uso constante. Mas não tiveram o mesmo cuidado com as estações onde elas ficam.  Expostas ao sol inclemente e quase anual do Nordeste, onde chove pouco e a irradiação é elevadissíma, não tem material plástico que aguente. E ai já vemos: não tem nem dois anos e os selins estão rachados, os paralamas de PVC ou PEAD estão despelando.  Tudo típico problema que se encontra na indústria de plásticos derivado da má adaptação do material as nossas condições.  O plástico de que é feito é o mesmo, mas o que diferencia um produto melhor de outro pior é a quantidade de reciclados que contém e a quantidade de aditivos para processamento e para aumentar a vida útil protegendo contra calor e principalmente da radiação ultravioleta.  Em plásticos, radiação UV é tudo que se precisa para quebrar algumas ligações, criar mais radicais livres e ir destruíndo o material. Só usando agentes de proteção adequados, que capturam os radicais livres e absorvem a radiação UV sem sofrerem danos, é que se consegue proteção e durabilidade das peças.  Com as bicicletas do PEDALA JOÃO PESSOA no entanto, isso não foi usado, ou foi, mas em quantidades inadequadas.

O resumo é que infelizmente, o sistema PEDALA JOÃO PESSOA está indo para o brejo. Pena, era uma das melhores iniciativas por uma cidade melhor, no nordeste inteiro.

COMENTEM!!!

9 de novembro de 2011

RESPOSTA A JOÃO VITOR...

João Vitor... faz tempo que escrevi aquele post que vc comentou. Mas como é praxe minha, respondo a todos. Só que dessa vez, resolvi ao invés de responder no post mesmo, escrever um pequeno texto sobre o problema que continua, e não tem dado mostras que vai ser resolvido: o nosso excesso de dependência do automóvel.  Falam direto de CRACK na mídia, mas os viciados em carro passam em muito a quantidade de viciados em qq droga.  E isso consome espaço público, que o poder se encarrega de dedicar única e exclusivamente ao carro. O poder gerencia toda a mobilidade em torno do carro. Vamos ver...

Temos espaço demais, mas temos muitos carros.  Suma com os carros, sobra muito espaço. Se os carros sumirem, para que MAIS viadutos, MAIS pontes, MAIS estradas, etc? E a gente como se mexe, perguntam! Use os pés, pedale, pegue um ônibus. Como o ônibus é atrapalhado pelo excesso de carros, não anda. Como os carros não respeitam ciclistas e quase nunca os pedestres, andar ou pedalar é coisa para uns corajosos. Então o problema não é espaço. O problema é o carro. O excesso deles. O uso deles como desculpa para a falta de segurança urbana, a falta de investimentos decentes em educação, saúde, transporte, saneamento, e por ai vai. E para nem falar da roubalheira das mamatas para a construção de tanta obra pró-mobilidade com carro!

Mas enquanto os governos dependerem do carro nada rola. Todos as esferas de governo dependem financeiramente do carro e do que rola ao redor deles, e isso tem sido mostrado na mídia. É muito dinheiro que rola no ter um carro, no usar um carro, que o tem ou usa sabe! É imposto por cima de imposto, sendo parte considerável da arrecadação dos governos. E isso não só do carro em si, mas de todos os serviços que o carro agrega, da produção a manutenção, consumo de gasolina e alcool, e por ai vai. Até a mídia depende dele! Como noticiar de forma isenta qualquer movimento pelo aumento da rede de ciclovias, como a mídia vai lutar por um transporte de massa decente, se os jornais são cheios de ENORMES anúncios de ... carros! Se os horários nobres são preenchidos de anúncios de... carros!

Portanto, João, você está de parábens por ter descoberto que o caminho para a tranquilidade não está em comprar o último lançamento dessa ou daquela marca, mas em conseguir ir e vir de forma rápida e menos estressante. Mesmo que seja em horários fora do convencional.  Eu tb vou para o trabalho 6:30 e volto cedo, de ônibus ou de bike. Carro, eu tenho, mas uso pouquissimo. E tenho porque minha mãe que mora comigo é uma pessoa de idade, e volta e meia preciso leva-la a algum lugar. Fora isso, carro só serve mesmo para uma boa viagem, porque andar com ele no Recife, está cada vez pior.

E vamos pedalando!

Rogério Leite


5 de novembro de 2011

BOM HUMOR... É POSSÍVEL NESSA ZONA?

MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE
USAR CARRO ACABA COM SEU HUMOR E
DESTROI A SUA ALEGRIA DE VIVER!

Amigos...

O que lhe sobra de potência, lhe falta de educação! KKK!!!  Renato Fechine, Mussão, qq coisa para peitar esse tráfego de doido dentro de uma lata!  Só assim se consegue andar no Recife! Ou então vc compra uma bike e vai em frente sempre de bom humor! Pelo menos até um Bundão passar com um "ponei-maldito" se achando! Entonces... só rindo!

A verdade é que manter o bom humor, a gentileza e um bom astral enquanto peita engarrafamentos noite e dia, está cada vez mais difícil. A gente vê que os motoristas não aguentam mais andar com "seu possante" a 20 km/h!  Para que cavalos mesmo? Se nem ponei anda que adianta tanta potência?!?! Mesmo comprando aquela máquina, cheia de potência, vai usar como! Ele paga os impostos, e quer usar, mas fica igual a puro-sangue na baia: preso! Aí só rindo!  Imagina se ele descobre que ele deu foi uma de otário e com Ó maiusculo! Foi enganado pela mídia que bombardeia ele dia e noite, com o sonho do "paraíso automotivo" que não existe mais. A verdade é que a mídia está pra lá de comprometida arranjando espaço para quantos anúncios de carro couberem em cada página de jornal e minuto de TV. Tudo de olho no faturamento. Os fabricantes perceberam que o segredo é não dar tempo do cabra perceber a roubada que ele está se metendo quando resolve comprar um carro ou sonhar com um! E para isso, tome propaganda! Com alguma percepção, você nota que jornal hoje em dia é folheto de propaganda de carro com algumas notícias aqui e ali.  Já contei 10 anúncios de página quase inteira em um único caderno de jornal de domingo. A TV, paga ou aberta, torpedeia você com um anúncio de carro atrás do outro, cada um melhor que o concorrente!  Todos são ótimos, tem mil vantagens, são maravilhosos, e vai por ai! E como a concorrência está brigando carro-a-carro, vale tudo!

Depois dessa torcida no tema do post, vamos de volta ao troço de hoje: manter o bom humor! Isso é fundamental para se levar uma vida melhor! Mesmo que você ainda não tenha conseguido perceber o quanto foi manipulado e deixar o carro de lado, adotando a bike como estilo de vida! Se não tiver jeito, recomendo comprar uns CDs de humor e desligar, porque agora com as obras da copa, o bicho vai pegar de vez!

Olhe porque Recife precisa urgente de um prefeito que pense em bicicleta como meio de transporte e sistema público de transporte como alternativa, FORÇANDO NA MARRA, a todos deixarem seus carros em casa!
COMENTEM!!!

28 de outubro de 2011

MOTIVAÇÕES...E SOLUÇÕES!

Amigos...

Ando muito desmotivado quanto a mobilidade no Recife. A PCR deve ter um time de escritores de sci-fi para ficar bolando estratégias mercadológicas com obras de ficção para aliviar o tráfego. É viaduto para cá, tunel para lá, bota os ônibus voando por cima de canal, cria e recria sem resolver nada!  A voz corrente é que precisamos agora de canaletas, vias exclusivas onde os ônibus irão correr, livres, leves e soltos dos engarrafamentos.  A verdade é que precisamos que alguém que tenha visão e pulso, que tenha coragem e vontade para por na rua as soluções que realmente vão funcionar.  Qualquer obra que tenha a palavra construir para mim é apenas outra forma de meter a mão no dinheiro público em mil e uma escamoteações e falcatruas. 

Quer melhorar o tráfego de Recife tome algumas medidas bem simples:
  1. DE AGORA EM DIANTE, A PRIORIDADE É O ÔNIBUS E A BICICLETA.
  2. VOCÊ PAGA IPVA PARA TER O CARRO, MAS CIRCULAR COM ELE SÓ EM ÁREAS LIBERADAS. ESTACIONAMENTOS SÓ PRIVADOS E PAGOS.
  3. O CENTRO DA CIDADE NÃO TEM MAIS NENHUMA VAGA PARA ESTACIONAMENTO. INFRATORES SERÃO MULTADOS. REINCIDENTES TERÃO A MULTA DOBRADA A CADA REINCIDÊNCIA.
  4. AS EMPRESAS DE ÔNIBUS ENVIARÃO E A GRANDE RECIFE DEVERÁ AFIXAR OS HORÁRIOS DE CADA COLETIVO EM CADA PARADA. ATRASOS DE MAIS DE 1 MINUTO SERÃO MULTADOS. REINCIDÊNCIA EM DOBRO. ACIMA DE UM CERTO NÚMERO, PENALIDADE PARA A EMPRESA.
  5. TODOS OS NEGÓCIOS SERÃO OBRIGADOS A OFERECER UM BICICLETÁRIO SEGURO E COBERTO, E SERÃO RESPONSABILIZADOS PELA SEGURANÇA DAS BICICLETAS.
  6. NÃO SERÃO PERMITIDOS QUAISQUER VEÍCULOS, EXCETOS OS ÔNIBUS, NAS CANALETAS EXCLUSIVAS.
  7. CADA PARADA DE ÔNIBUS DEVE CONTAR COM CÂMERAS E SEGURANÇA, 24H
  8. TODAS AS LINHAS PASSAM A RODAR 24H, 7 DIAS POR SEMANA, COM O MESMO NÚMERO DE ÔNIBUS SEMPRE.
  9. A PREFEITURA VAI CONSTRUIR CICLOVIAS NOS GRANDES CORREDORES E CICLOFAIXAS EM AVENIDAS MENOS MOVIMENTADAS.
  10. A PREFEITURA VAI LICITAR SERVIÇOS DE ALUGUEL DE BICICLETAS PARA EMPRESAS PARTICULARES.
  11. OS CICLISTAS SERÃO VIGIADOS E DEVERÃO OBEDECER O CÓDIGO DE TRÂNSITO, SOB PENA DE TEREM A BICICLETA APREENDIDA.
  12. RESPEITE A LEI, OU VOCÊ VAI PRESO!

Vai ter chiadeira, vai ter ataque cardíaco (mas o SAMU vai chegar a tempo!).  Mas vai resolver. Observaram que as obras civis públicas, centro de 99% das maracutaias, são poucas e de baixo custo?!  O gasto é pouco, a roubalheira possível é mínima, e isso não é do interesse de NENHUM POLÍTICO! Adivinha porque?!

Que se cumpra!

COMENTEM!!!

16 de outubro de 2011

A REALIDADE QUE REALMENTE INCOMODA!!!

As duas "PÉROLAS" da GM para tentar atrair
universitários ciclistas para o uso do carro!


Amigos...

Na semana que passou, a GM americana, tentando vender mais carros, resolveu atacar o segmento de mercado do carros para estudantes universitários com mais uma pérola:
Claro que meio mundo veio abaixo criticando essa forma de vender esse troço motorizado, até a própria MOTOR TREND , blog especializado em automóveis. Mas o que realmente gostei foi da propaganda da GIANT rebatendo na mesma moeda e ficando literalmente bem na foto! Vejam ai as imagens...

Traduzindo livremente...
REALMENTE ISSO INCOMODA!

Felizmente as bicicletas não... De fato, é a melhor coisa que você pode fazer para economizar centenas, talvez milhares de dolareas ao ano.  Não importa se você está na faculdade, jovem ou adulto. A única coisa que você tem a perder pe algum peso... e a conta da gasolina.

BICICLETA
Preço: 420 dolares
Custo com combustível: ZERO!

CHEVROLET SILVERADO LT
Preço: 27.300 dolares
Custo anual com combustível: 3.600 dolares (15.000 km/ano)

PARE DE DIRIGIR... COMEÇE A PEDALAR!

Tome papuda! KKK

COMENTEM!!!

15 de outubro de 2011

DESINTERESSE NÃO?! INCOMPETÊNCIA MESMO!

"CABRA" estacionado na CICLOFAIXA, ao lado de um
ESTACIONAMENTO GRATUITO E ABERTO na rua da Aurora!

Reformaram o asfalto da ponte, pintaram a linha divisória, mas "ESQUECERAM" de pintar a CICLOFAIXA!


Amigos...

Quem acompanha a cena política do Recife e de sua administração atual, tem a nítida certeza que estamos "soltos na buraqueira", figurativamente falando, mas claro, também literalmente, porque o que não falta na cidade é buraco, desnível, descaso!
Nós, cicloativistas da cidade, cobramos pouco, até porque ser ativista em Recife é coisa para poucos. A grande maioria sonha com um mundo perfeito, com uma cidade perfeita, mas faz quase nada por isso. Não vamos conseguir nada esperando algo dos nossos governantes. Sem serem cobrados, imprensados contra a parede, não fazem nada.  E enquanto a massa ignara espera, os "cabras" deitam e rolam, deixando a cidade afundar nos esgotos estourados, nas calçadas destruídas, nos inúmeros camelódromos formais e informais, na bagunça e na zona.  Literalmente, na buraqueira!
Mas como dizia, cobramos o que podemos. Mau cobramos que cumpram o que já está na lei, as ciclofaixas respeitadas e fiscalizadas.  Todo domingo tenho a pachorra de pedalar na ciclofaixa do centro, dando uma de fiscal. Como uma das muitas figuras de ficção que existem na cidade, essa é mais uma "criação" criativa (e provavelmente coletiva) do governo do partidão.  Uma ciclofaixa de puro LAZER, que funcionaria como espaço para as famílias pedalarem no centro, aos domingos e feriados das 6h às 13h.  E quem é o doido de levar uma criança para enfrentar os motoristas e o descaso da prefeitura.  Como sou um lutador, pedalo SEMPRE pelo meio da ciclofaixa, geralmente vazia, usada por uns poucos aventureiros do pedal. E pelo meio, sou empurrado, fechado, desrrespeitado. Os motoristas se acham no direito de usar seus carros como armas, tirando finos, ignorando a razoavelmente bem feita sinalização. No bairro do Recife, muitos ônibus, tiram finos impensáveis.  Uma vez reclamei deles com um carro da CTTU parado na descida da ponte, ao lado do Banco do Brasil, e ouvi o FUNCIONÁRIO PÚBLICO MUNICIPAL PAGO COM OS MEUS IMPOSTOS, dizer que aquilo não era função dele, era de outro responsável. Ora, ele não é para controlar o tráfego?!?! Que me importa quem faz, se ele ou a mãe dele, alguém que é pago para controlar o tráfego, tem de controlar TODO o trafego. Ou chamar quem tem ao trabalho!
Mas se o prefeito não cumpre nem aquilo que ele mesmo anuncia nos jornais como organizar o entorno dos mercados públicos, o que dirá daquilo que ele nem consegue pensar, como organizar a CTTU como um órgão eficiente e não mais um cabide de empregos para os seus cupinchas do partidão!?!? 
Enquanto isso, continuamos PEDALANDO & OLHANDO, e evitando a buraqueira, desviando dos carros, enchendo o saco. No ano que vem tem eleição: você vai manter essa corja ai no poder da cidade?

COMENTEM!!!

5 de outubro de 2011

LEMBRANDO...

Para quem estiver sem muita coisa para fazer no dia 23 de outubro próximo, que tal uma trilha radical!  Olha a dica!!!




3° Trilha das Trilhas de Mountain Bike de Limoeiro-PE

Nessa 3° edição de mais uma aventura extrema vem trazendo muito mais adrenalina e diversão. Essa trilha da mata de salgadinho, é uma trilha pra ninguém botar defeito, percusso total de 60km. Ela inicia com a
  • 1° parte de estradão;
  • 2° parte nas pedras de belas paisagens;
  • 3° parte rio e riachos a serem ultrapassados e parada para reabastecimento de agua e lanche;
  • 4° parte inicio da trilha de XC;
  • 5° parte entrada na mata (se caso chover um dia ou dois dias antes vai ter uma bela cachoeira);
  • 6° parte mirante com uma decida de 4km que pode atingir até 70km/h;
  • 7° parte parada para reabastecimento de agua, e finalmente...;
  • 8° parte retorno com chegada prevista para 2:00 da tarde. 
 Irá ter um local para tomar banho, para se aprontarem. A cidade de Limoeiro tem ótimos restaurantes. Forte abraço e aguardo resposta.

ADM Elite Biker's (Heleno)

1 de outubro de 2011

VÍDEOESTIMULATIVOS... "O CICLO DA VIDA"

Adorei... tudo a ver como se pode trocar a vida motorizada, sempre com pressa, sempre passando sem ver nada, pela vida no pedal! Tem tradução do espanhol para o inglês, mas dá para entender bem pelas figuras e pela musica! COMENTEM!!!

PRAZER [= AÇÃO] X CONFORTO [= PREGUIÇA]

Saia da inércia...pedale!
Amigos...

Se tem algo que é inegável é que o carro é extremamente sedutor em seu conforto. Na nossa estafante vida moderna, usar o carro é sempre descrito como conveniência, aproveitar o conforto, fugir do calor, segurança, etcs mil!  Tradução real é TÔ NA MAIOR PREGUIÇA ou TÔ CANSADO DEMAIS para o transporte ativo, aqui juntando andar ou pedalar numa classe só.  Usar a máquina, moto, carro ou transporte coletivo, tem sempre esse mote: economizar energia física para gastar em outras coisas, como festas, raves, farras e etcs do tipo.  E claro, como isso exige fôlego "de sete gatos", temos de gastar alguma em atividades físicas, corridas, academias, etc... Este post está cheio de etcs porque é muito geral, mas a idéia central é questionar se seus motivos para usar o carro são realmente válidos ou se você poderia comutar por uma forma mais simples de mobilidade.  O resumo da ópera é que aquilo que você economiza de energia usando o carro, termina indo para atividades físicas necessárias ou não. 
O que a maioria não percebe é que o transporte ativo une essas duas pontas de forma muito simples: você dispende energia para ir de um local a outro, sem precisar de academia (economia de tempo e dinheiro), nem de carro ("Não pague gasolina, não pague IPVA, pegue sua bike e venha pedalar"), para não falar em estacionamento, seguro, etc. Pedalar ou andar é saudável, seguro e muito mais tranquilo do que muitos pensam. Deixe sua preguiça de lado e aproveite a primavera que chegou, os belos dias de sol e brisa fresca.  Ponha a felicidade entre as pernas: PEDALE!

COMENTEM!!!

28 de setembro de 2011

O CAOS E A ORDEM

RECIFE... Como seria maravilhosa se fosse assim tão bela de perto também!
Amigos...

Não costumamos valorizar a ordem. Pelo menos, os políticos que gerem o Recife não o fazem. A ordem parece sempre algo da DIREITA que marcou a ditadura, algo de militar, de nocivo ao povo.  Vai que isso explica o caos em que estão nossas ruas e avenidas, em que anda o nosso transporte coletivo, e em que estão nossas calçadas. Nosso espaço público precisa de ordem.

E ordem no espaço público é o seguinte:
  • Ruas e avenidas - Limpas. Se forem asfaltadas, sem buracos, sem desníveis ou remendos.  Se não forem asfaltadas, pelo menos planas e sem buracos ou poças d´água.  Qualquer buraco feito para consertar água, por exemplo, deveria obrigar a quem fez a recapear a rua toda, exigindo planejamento público.
  • Sistema de coleta de água de chuva - funcionando, sob pena da prefeitura ter de providenciar transportes para pessoas quando a cidade alagasse.
  • Sinalização - manter a pintura de meios-fio de branco ou amarelo, sem falhas, além de toda a sinalização vertical necessária ao bom funcionamento da via pública.
  • Calçadas - Ordenadas e padronizadas. Mantidas pelos proprietários, multados se não. Multados de novo, e de novo, e de novo, até que o proprietário arrumasse ou perdesse o imóvel se não fizesse.  A calçada é sua, mas o espaço é público, e precisa ser mantido a todo custo em boas condições para todos.
  • Mobilidade - Prioridade para o transporte de massa, veículos individuais motorizados ou não. Veículos de passeio em último plano, se sobrar espaço. Estacionamentos só privados.
  • Espaço Urbano - Exigência de estudos de impacto na mobilidade para todo e qualquer empreendimento ou imóvel de grande porte que demandasse fluxo elevado de pessoas.
  • Segurança - Atuar para terminar com todos os locais inseguros da cidade, oferecendo a simples presença e ação rápida da polícia. 
  • Áreas verdes e árvores em geral - mantidas à qualquer preço. Em caso de caírem por maus tratos ou descaso, obrigação de imediata reposição de dez vezes o número de árvores perdidas e obrigação de manutenção por tanto tempo quanto idade tiverem as árvores perdidas. Recife depende delas para manter o clima ameno.
Uma cidade dessa seria digamos uma maravilha, mas alguns perguntariam quem pagaria por isso. Isso já está pago por nossos impostos, mas os gestores não usam os recursos que recebem da cidade para dar a ela condições de ser um bom local para se viver. Tudo vai para a política, para ajudar a alguns, e para o bolso de muitos!  Então vamos vivendo, de brigas e mais brigas de joões, sem rumo e sem futuro. Você pode mudar isso. Fique atento e vê se da próxima, escolhe melhor quem você põe para cuidar de sua cidade!

COMENTEM!!!

24 de setembro de 2011

DES_ATUAÇÃO DA PCR

CENA 1 - Forte do Brum, Domingo de Manhã, CICLOFAIXA DE LAZER: Sem pintura, carros fazem dela pista de corrida.  CADÊ A PCR?
CENA 2 - Av.Conde da Boa Vista, sexta feira à 19h, parada de ônibus totalmente às escuras. E não foi só essa. Todas as paradas entre o Atacado e a Benfica sem uma única lâmpada acesa!
CENA 3 - Av. Luiz Freire, Várzea. Em frente a Escola Técnica, entre o CETENE e a UFPe, a calçada foi tomada por barracas, empurrando pedestres para a rua. E sem falar que quando um carro estaciona para "fazer uma boquinha", os estudantes vão mesmo para a faixa de rolagem!
Amigos...

Todos os dias se sucedem com a des_atuação da PCR grassando por ai. São tantos os exemplos que se eu for falar tudo aqui, vou escrever uma bíblia.  Resumo da obra: falta pessoal para impor à lei a uma grande fatia de maus cidadãos.  Falta quem regule, quem multe, quem cobre, literalmente, quem "prenda e arrebente"!  Recife pode ser declarada oficialmente como uma cidade sem lei e sem dono.
E no que tange a mobilidade, uma cidade sem lei e com muitos carros. Muitos mais do que o necessário, mas infelizmente, impossível de reduzir sem imposição.  Esperar um ônibus sem hora de chegar e ainda no escuro, não é opção quando você tem um carro em casa e pode pagar para usa-lo.  Sobram apenas aqueles que não podem e os que não querem, que teimam em resistir ao uso de um veículo individual por princípios.
A atuação da prefeitura precisa sim de muito mais pessoal.  Precisa ter muitos motoqueiros da CTTU passando pelas ruas e coibindo os desmandos.  Precisa de mais pessoal fiscalizando as calçadas dos imóveis que tanto problema traz aos idosos e deficientes e as "invasões" de barraquinhas que teimam em usar as calçadas como terreno privado. Precisa ter mais fiscais na Grande Recife coibindo motoristas de ônibus que teimam em dirigir como se estivessem em uma "Corrida da Morte", participando de rachas, parando no meio da rua, pilotando ônibus como se fosse um fórmula 1.
A PCR precisa se lembrar que é o papel dela esse controle da sociedade, e da ação predatória e irracional da grande maioria sem consciência social. Multar e multar muito, empurrando para o bolso dos irracionais toda a sua irracionalidade.
Ou em breve, veremos o próprio DANTE levantar da tumba diante dos nossos olhos em cenas dantescas de irracionalidade e violência.

COMENTEM!!!

23 de setembro de 2011

TRILHA ECOLÓGICA // DIVULGANDO...

O HELENO, do Elite Bikers, pediu para divulgar essa trilha ai!  Veja se gostam!



Uma trilha ecológica de bike vai rolar no município de Limoeiro-PE no dia 23 de outubro. É a Trilha das Trilhas de Limoeiro-PE. Essa é a terceira edição do evento, que vem trazendo ciclistas de todos os cantos do Brasil. O objetivo dessa 3° trilha é conhecer uma reserva de Mata que tem nas regiões de Limoeiro, assim desfrutando da beleza, de riachos, entre outros. Maiores informações: www.elitebikers.blogspot.com ( o site ainda está em construção, mas ja tem algumas informações lá). A trilha vai ter café da manha, ambulância, carro e motos de apoio durante todo o percurso e 2 guias. com o custo de R$ 20,00 para o Nordeste, R$ 15,00 para o Norte e R$ 10,00 para o Sul-Sudeste.
--------------
Para quem gosta de mato, prato cheio!

17 de setembro de 2011

FAZ TEMPO...

ÔNIBUS DECENTES EXISTEM! Grandes, amplos, rebaixados, com ar condicionado e sistemas de amortecedores macios e confortáveis. Mas são mais caros, exigem mais manutenção, e quebram mais nas ruas "pavimentadas" de Recife! Enquanto isso, o "gado" vai sendo levado nas tranqueiras que os gestores definem como "ônibus modernos".


Amigos...

Tem um tempo, exatos 17 dias, que não posto por aqui. Muita coisa para estudar, muitas tarefas no meu projeto de pesquisa. E poucas pedaladas restritas pelo meu joelho que, não sei como nem porque, anda falseando, com dores "de nada fazer". Sim, porque não doi quando ando, nem quando levanto, mas basta passar 2 h parado, para assistir a um filme no cinema por exemplo, que começa a incomodar demais. Então precisei dar uma parada mesmo, deixei a "dor fantasma" sumir, e fiz um teste de pedal no sábado retrasado. Depois doeu novamente no dia seguinte, e achei que estava ligado ao pedalar, algum ajuste que precisaria refazer na bike. Mas ai durante a semana passou, as dores sumiram, e eu voltei a andar de manhã cedo. O joelho parou de doer. Ontem o teste definitivo, fui no cinema, e ao terminar, o joelho não apresentou dores. Curado? Acho que não. Não sei o que causou, não sei o que curou. Botei gelo umas 3 vezes no auge da crise, mas ainda não sei a origem da "dor fantasma". Seria falta de pedal?

Bem, mesmo parado, não deixo de observar o que rola na mobilidade local. Aliás, parado de bike, uso o nosso "moderníssimo" e bem aparatado sistema de transporte público. Última palavra em transporte de gado, em moderníssimos caminhões adaptados para carregar carne de gente! Quando pegarem um desses ônibus vazio e com o motorisma motivado, observem a vibração interna, a instabilidade interna ao fazer curvas, passar na buraqueira, parar nos pontos. Acho que os bois são mais bem tratados, senão iam "estressar" e a carne não ia valer muito! Mas gente é mais resistente, não se estressa com esse tratamento de sacudidas, impactos, torções e por ai vai. Gente está pagando pouco, está reclamando de que??? Tem mesmo que sofrer, ser tratado como algo pior que boi indo para o matadouro.

Nos anos 80, a extinta EMTU testou um modelo de ônibus decente, os velhos PADRON em Recife. Eram grandes, lembram os atuais SEI, mas eram muito mais confortáveis e macios, com bom amortecimento à ar, motor traseiro, e muito conforto, mesmo sem ar condicionado. Mas eram outros tempos, as campanhas políticas não eram tão caras, os gestores eram menos dependentes dos recursos oriundos das empresas. Mas quebraram nas buraqueiras e desníveis de Recife, acho, e saíram de circulação. Davam prejuízo a quem paga campanhas carissimas e escolhe gestores a dedo, para deixar tudo do jeito em que o lucro das empresas supere a qualidade do serviço em muitas ordens de grandeza.

Antes que digam que estou errado, se lembrem que temos apenas 20 anos sem uma única LICITAÇÃO de linhas e serviços de ônibus pela prefeitura. Anos prorrogando os contratos antigos, meio no "calabouca", meio no "por baixo dos panos". Sem licitar e exigir qualidade, os gestores oferecem isso que está aí, com baixa qualidade, péssimo serviço e preço extorsivo (já pensaram o que significa R$ 4,00 por dia para quem não tem carteira assinada e vale-transporte?).

E assim, vamos indo. Depois achamos que as pessoas tem de trocar o carro pelo transporte público. Eu entendo porque não é fácil aceitar isso. E com mais carros nas ruas, nós ciclistas comutadores, é que somos afetados. Nossa luta para diminuir o uso do carro como meio de transporte individual passa pela oferta de transporte público de qualidade e pelo estímulo ao uso da bicicleta. Mas enquanto estivermos elegendo quem garanta a vida dos donos das empresas de ônibus, seu lucro, sua baixa qualidade de serviço, não vamos conseguir grandes coisas!

E vamos pedalando...

COMENTEM!

1 de setembro de 2011

TEM QUEM FAÇA...TEM QUEM GOOGLEI!



Amigos...

Não sou muito fã de supercorporações, mas não deixo de me admirar com a GOOGLE.  Sou usuário de vários programas, mas fico muito mais interessado em usar mais e mais, divulgar mais e mais, quando vejo uma empresa que pensa até na mobilidade sustentável de seus funcionários.  Assistam o vídeo e fiquem pensando: "BEM QUE ISSO PODIA ROLAR NUMA EMPRESA DAQUI...EU TRABALHARIA MUITO PARA ELES"...

COMENTEM!!!

27 de agosto de 2011

COLETIVO: COISA DE POBRE!

Já imaginaram essa beleza nas nossas ruas esburacadas??? KKKK Delírios da PCR!
Amigos...

Pobre foi feito para sofrer. É a mentalidade de brasileiro. Qualquer coisa definida como "de pobre" pode escrever, se for ruim, vão dar um jeito de ficar pior.  Em qualquer parte do mundo civilizado, o transporte público é usado por uma larga faixa de classes econômicas e oferece qualidade e conforto. Não se olha de banda, não se critica, pelo contrário. Uma pessoa que OPTA por usar o transporte público é uma pessoa esclarecida, antenada, ligada aos problemas do mundo e de sua cidade. Mas no Recife, ônibus é coisa de pobre! O usuário, optante ou não, é visto como exótico (se rico!), ou pobretão! Terceira alternativa na escala, depois daquele que anda para o trabalho e do que pedala para o trabalho, isso é tão arraigado em função da baixissima qualidade que o transporte coletivo da cidade oferece.  O tratamento dispensado ao usuário é o que se pode considerar o mínimo do mínimo. Os ônibus são novos, diriam as empresas: sim, mas são novos para elas economizarem na manutenção, e não para oferecer real conforto ao passageiro. Querem ver? Vamos fazer uma listinha de coisas que os ônibus de Recife NÃO oferecem e que representam desconforto para um ou mais classes de passageiros. Ai segue:
  • O problema começa para conseguir subir neles: a maioria é muito alta e isso afeta especialmente, idosos, pessoas com problemas de mobilidade e crianças. Temos paradas elevadas, mas poucas e com tantos ônibus, eles nem sempre param na parte alta, obrigando os passageiros a escalarem altos degraus.
  • Depois vem a famigerada catraca, o terror dos gordos, cada vez mais frequentes na nossa sociedade. Feitas para modelos de passarela, exigem concentração e muita força para um gordo passar.
  • As poltronas feitas para durar, lasque-se a coluna dos passageiros.
  • Amortecedores NUNCA chegaram na indústria que faz os ônibus que circulam no Recife. Qualquer buraco se sente até na alma.
  • Ventilação? É péssima. A grande maioria dos ônibus não tem exaustores e os que tem não os ligam. Em dias de chuva, com as janelas fechadas e ônibus cheio, cozinhamos em banho maria. E isso se não tiver uma janela quebrada e chovendo dentro.  Em dias de calor, é mais quente dentro do ônibus com janelas abertas do que na rua. E depois falam porque optamos pela bicicleta, estamos muito mais ventilados!
  • A respeito da circulação de ar, todos os ônibus são feitos para cidades de clima ameno. Mas Recife é uma cidade muito quente e o projeto de ventilação deveria ser bem diferente, muito mais ventilado no verão, e também no inverno, que aqui normalmente não é frio.
  • E isso para nem falar em como os motoristas dirigem, literalmente transportando gado, jogando com o veículo para os lados, bruscamente, ou dando freiadas impensadas. Ele está agarrado ao volante, acha normal. A gente fica quase pendurado em cada esquina.
  • Linhas demais, troncos de menos. Nem paradas, nem avenidas, nem o trânsito aguentam tanta desestruturação do sistema, meio integrado via SEI, meio desintegrado em outras linhas.
  • Intervalo entre dois ônibus nunca é seguido. Culpam o trânsito, o que concordo, mas como deixar o carro em casa com uma qualidade dessa nos coletivos?
Por essas e por outras é que o transporte coletivo de Recife vai fazer vergonha na próxima Copa, tenha certeza. Não adianta dizer que vamos ter um BRT com ônibus que lembram os trens-bala, sem educar a sociedade para uma cultura de harmonia e comunidade. E isso só funciona se os coletivos oferecerem qualidade, conforto e pontualidade.  Sem isso, só resta ao estado obrigar NA MARRA as pessoas a deixarem seus carros em casa. Quem em sã consciência troca o conforto do seu carro, mesmo preso em um engarrafamento, por um ônibus? Por essas e por outras que eu pedalo.  Pelo menos os possíveis desconfortos são compensados pelo bem estar, pontualidade e saúde!

COMENTEM!!!

26 de agosto de 2011

SEMPRE RAZÕES QUE A RAZÃO DESCONHECE!

Via DAGUVASCO, original de BOBAGENTO.COM

Amigos...

Discuti outro dia sobre o pedestre ter sempre razão ao atravessar a rua em locais fora da faixa, de se aventurar pelo meio do trânsito caótico. A maioria acredita que isso é errado, que não deve ser feito, que os pedestres não devem peitar o tráfego.

Costumo lembrar de como foi uma simples caminhada em Roma, na Itália, onde o pedestre tem sempre razão (ou teve, nem sei mais!). Andava com minha tia pela calçada mas quando ela precisava atravessar, nem para os lados olhava. Simplesmente ia e todos os carros paravam. Em Roma, podia ainda ter uma ou outra buzinada, por atravessar fora da faixa, mas só! Em Perúgia, onde ela morava, nem isso. Respeito total. Isso em 1992, mais ou menos. Hoje, mesmo lá, já se precisa olhar, mas eles continuam com prioridade. Questionei-a sobre isso, e ela me explicou que a regra era simples: as ruas foram feitas antes para as pessoas e só depois acrescentaram os carros. Eles é que devem respeito total ao pedestre.

Quem está dirigindo não sabe o que está se passando com o pedestre que precisa atravessar uma rua no meio do tráfego. A expectativa é que deve ser algo muito urgente para que a pessoa arrisque a vida assim. Imagine a situação de uma mãe que está de um lado da rua andando para casa, e recebe um telefonema urgente que o filho caiu e bateu a cabeça. Pergunta: ela vai se lembrar de algum carro enquanto corre atravessando a rua para socorrer o filho? Eu acredito que não. E são para essas situações emergenciais que a regra de respeito total ao pedestre existem.

Claro que vivemos numa sociedade GERSONIANA, onde o que vale é "levar vantagem em tudo, certo?", e a lei se omite diariamente, e por isso a grande maioria dos pedestres faz uso dessa emergência para seus próprios e desnecessários fins, assim como a maioria dos motoristas usa a "maldição do pisca-alerta" para dar uma "passadinha rápida, volto logo", ou aos ciclistas, que se acham no direito de andar na contramão. Regras existem e tolerância demais vira esse abuso, que a lei deveria controlar mas não o faz. Não o faz porque não supre as ruas de profissionais capazes de avaliar e corrigir esses desmandos, não usa das ferramentas do estado (multas, suspensões, etc) de forma equilibrada e correta, ou aceita "um por fora" para não usar. E quando o Estado some, sobra isso: RECIFE, TERRA DE NINGUÉM!

Então, se você puder, oriente, ajude, denuncie, seja você um agente da mudança. Para termos uma cidade melhor, vale o trabalho de todos.

COMENTEM!!!!
.

13 de agosto de 2011

O MEU DIREITO COMEÇA ONDE O SEU TERMINA

Amigos...

Esta frase aprendi cedo e reflete o respeito que cada um deve sentir pelo outro para vivermos em sociedade. Aprendi aqui em Recife, em tempos melhores. Hoje, Recife é terra de ninguém. O prefeito é omisso, os planejadores urbanos são medíocres, a fiscalização não existe. Uma simples caminhada de alguns quarteirões mostra o descaso que o poder público mostra pelo cidadão (veja as fotos abaixo, de uma simples caminhada interrompida pelos "donos das ruas"!).


Ser um simples pedestre na cidade mostra o tanto que a sociedade recifense desaprendeu. Mostra a face fraca do poder público incapaz de cobrar a manutenção de calçadas quando ele mesmo não pinta a sinalização. Mostra o desrespeito que o cidadão comum sofre acuado por aqueles que usam o carro como uma extensão do próprio corpo, incapazes de se lembrar dos outros enquanto param e estacionam nas calçadas. Mostra a fraqueza de um órgão de trânsito mal guarnecido, mal informado e mal gerenciado!  E junto com uma prefeitura que permite instalar negócios carro-dependentes em locais onde não é possível receber mais que um ou dois carros, torna a cidade um inferno para o pedestre. Falta de respeito, sobram pessoas acuadas, idosos e crianças correndo riscos. Em outros lugares, até o prefeito já tinha "pedido penico" e "cantado para subir"! Oh "cabra" incompetente!
E antes que alguém comente que parte disto se faz pela inércia da comunidade, devo lembrar que é papel do poder público disciplinar o direito dos cidadãos. Se apenas um motoqueiro da CTTU passasse pela Av.Visconde de Albuquerque todo o dia, com os olhos abertos, distribuindo multas e mais multas, pontos e mais pontos na carteira, a gestão da cidade estaria se fazendo presente e coibindo a expansão do direito de uns em detrimento do direito dos outros!  Omissão é outro nome para ineficiência! Se não dá conta do recado, arranja quem dê!  Claro que ia aparecer logo os que gritariam "OH, É INDÚSTRIA DA MULTA!". Infelizmente esta é uma indústria da qual estamos precisando desesperadamente!!!

COMENTEM!!!

12 de agosto de 2011

CARROS, CARROS E MAIS CARROS...


"DESCE DESSA BICICLETA, DUDA, QUE COISA DE MENINO! 
VÊ SE CRESCE E DEIXA DE ENGANAR CICLISTA"
Durante a campanha, em passeio ciclistico, era todo receptivo.
Agora, na hora do VAMOVER, a bicicleta é apenas uma possibilidade...
AÇÕES REAIS PARA OS CICLISTAS, EDUARDO, SÃO PROMESSAS DE SUA CAMPANHA!
Amigos...

Apesar do título deste post remeter a nossa infame carrocracia, o tema é realmente o que nós ciclistas e comutadores em geral vamos lucrar com as últimas propostas para melhorar o trânsito no Recife! Sim, apesar do Governador Eduardo Campos ter renunciado a sua experiência ciclística (ele ERA ciclista e saía no Pedal Clube acho eu!), ao lançar seu novo pacote de ações para melhorar o trânsito na Agamenon e no Corredor Leste-Oeste, estas mesmas ações darão pelo menos 3 anos de engarrafamentos, problemas infernais de trânsito e muita dor de cabeça a quem não pedala. Quem for viciado em carro, vá se preparando, que os atuais engarrafamentos não serão NADA perto dos que vão acontecer quando eles cavarem o buracão para o túnel na Real da Torre com Caxangá, ou quando começarem a fazer 4 viadutos em 4 complicadíssimos engarrafamentos FIXOS na Agamenon.

Claro que eles sempre têm a possibilidade de evoluir, e comprar uma bike.

E que fique claro que o Governador até anunciou que ciclovias, integração modal e também a integração ao sistema de quem não pode pagar as altas passagens de ônibus, são também prioridades do pacote. Mas nenhuma obra "de porte" para isso foi anunciada. Ora, se quando os políticos falam, existe apenas 10% de probabilidade de que aquilo vire algo concreto, imagine quando NÃO FALAM?!

Portanto, continuamos Pedalando & Olhando, enquanto os viciados em carro ficarão cada vez mais parados pelos próximos 3 anos! E claro, sem deixar de aproveitar todos os momentos para convidar alguns deles para nos acompanhar e experimentar o Recife sem engarrafamentos que todo ciclista conhece!

COMENTEM!!!

9 de agosto de 2011

MOBILIDADE OU COMÉRCIO? PURA FICÇÃO?

Amigos...

Que o sistema de transportes públicos do Recife não é lá essas coisas, todos estão carecas de saber! Ainda mais se leem este blog com  alguma assiduidade, porque não deixamos passar nada! Então ai vão outros dois casos INTERESSANTES um sobre estes transportes e outro sobre mobilidade e ficção científica, um paralelo que só a PCR consegue traçar!
Primeiro, uma parada de ônibus onde a informação necessária não existe, mas os cartazes para vender MAIS telefone celular sobram! Aqui nesta foto, vemos a parada de ônibus em frente ao McDonalds de Casa Forte, do outro lado do Shopping Plaza. Cadê a Grande Recife que não cobra a colocação de pelo menos uma relação das linhas que passam aqui? Cartaz da Claro, sobra!

Depois, passei hoje pela "ALTERNATIVA DA CORONEL REBELINHO", em Boa Viagem. Segundo a PCR, é uma alternativa a circulação pela Domingos Ferreira, em direção contrária a Av. Boa Viagem e a Av. Conselheiro Aguiar. Mas é tão enrrolada, tão mal sinalizada, que ninguém em sã consciência vai usa-la com a frequência necessária para desengavetar a Domingos Ferreira. Não existe como rota, quando muito como uma sequência de entradas e saídas de ruas, até chegar ao 2o Jardim. Não dá para fazer melhor mesmo, mas anunciar como solução, ME FAÇA!!! Muito marketing, pouco trabalho. Uma verdadeira obra de ficção científica! É a cara de João da Costa!

COMENTEM!!!

DE OLHO NA BIKE



Click nas imagens e veja as fotos ampliadas no PICASA NA WEB!
Ei, QUER SUA FOTO AQUI TAMBÉM? Se tiver bicicleta nela, vale! Mande com uns 800 pixels de largura maior para CONTATO.RL@GMAIL.COM, com marca d'água, nome, email e/ou telefone. Atualizado todo final de semana.
No aguarde!

Original ROGÉRIO LEITE @ 2010