7 de outubro de 2010

DESMISTIFICANDO O USO DA BICICLETA...

Amigos...

Recebi alguns dados sobre as estatísticas de ACIDENTES FATAIS no primeiro semestre de 2010 na cidade de Aracaju.  Posto abaixo um gráfico que fiz com os dados da reportagem.

Destaquei a fatia de CICLISTAS MORTOS em acidentes de trânsito na cidade. Não é surpresa que motociclistas e pedestres sejam os mais atingidos, enquanto os ciclistas quase não tiveram vítimas fatais. E isto apesar da cidade ter aproximadamente a mesma quantidade de ambos, cerca de 40.000 ciclistas e 40.089 motocicletas, motonetas e ciclomotores. Ao todo, morreram nas ruas de Aracaju, 45 pessoas. Desses apenas 4 eram ciclistas, repetindo praticamente o percentual de 2009, de apenas 9,78%. Considere que a cidade caminha para ter cerca de 70 km de ciclovias o que estimula muito as viagens de bicicleta.  Não tenho dados de outras cidades mas isto já mostra que pedalar não é tão inseguro quanto se pensa, mesmo com a tradicional falta de respeito dos motoristas nordestinos. E juntando a isto os números internacionais e os exemplos em grandes capitais, temos a certeza de que Recife só sairia beneficiada com uma política que trouxesse para o plano principal de mobilidade individual a bicicleta.

E aí PCR, sai ou não sai algumas medidas para ajudar os ciclistas a reduzir a mortandade no trânsito de Recife?!

COMENTEM!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OPS... Este espaço é seu, respondo a todos os pitacos que vocês enviarem, mas não modero, portanto, seja objetivo e mantenha o nível!!


Original ROGÉRIO LEITE @ 2010